A Associação de Municípios do Baixo Tâmega (AMBT) aprovou a reabilitação da Ponte de Arame, entre Amarante e Celorico de Basto, no dia 28 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Baião, em Baião.

O município esclarece que “a recuperação deste equipamento de utilização pública, com interesse histórico e patrimonial, será realizada no âmbito AMBT num esforço financeiro conjunto dos municípios de Amarante e Celorico de Basto, superior a 300 mil euros”.

A ponte de arame liga os dois concelhos, cruzando o Rio Tâmega nos lugares de Lourido e Rebordelo.

Na reunião, que resultou na aprovação da reabilitação, estiveram presentes os presidentes da Câmara de Amarante, Celorico de Basto e Resende, respetivamente, José Luís Gaspar, José Peixoto Lima e Garcez Trindade, e do Vice-Presidente da Câmara de Baião, Filipe Fonseca.

O Conselho Diretivo volta a reunir em maio, no Município de Celorico de Basto, sendo que as reuniões serão agora realizadas de forma rotativa, pelos associados da AMBT, segundo decisão do Conselho Diretivo.