Arrancaram na passada quarta-feira, dia 14 de setembro, as candidaturas para a segunda edição do Programa «EstágiAP XXI».

O programa é destinado a licenciados até aos 30 anos de idade, à data de início do estágio, ou até aos 35 anos se forem pessoas com deficiência  e/ou com grau de incapacidade funcional igual ou superior a 60%, que se encontrem à procura do primeiro emprego ou de novo emprego correspondente à sua área de formação e nível de qualificação.

Estes estágios têm a duração de nove meses, a tempo completo ou parcial, e dão direito a uma bolsa mensal correspondente à primeira posição remuneratória da carreira de técnico superior, acrescida de subsídio de refeição e de seguro de acidentes de trabalho. “A celebração de um contrato de estágio ao abrigo deste programa não dá lugar à constituição de um vínculo de emprego público, mas é equiparada, designadamente para efeitos de segurança social, a trabalho por conta de outrem”, foi explicado, em comunicado. O processo de candidatura é integralmente realizado em suporte eletrónico aqui.