Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, e Josep Borrell, chefe da diplomacia europeia, anunciaram este domingo, dia 27 de fevereiro, numa conferência de imprensa conjunta, que a União Europeia vai financiar, pela primeira vez, a compra de material bélico para disponibilizar à Ucrânia.

Além disso, foi também confirmada a proibição da circulação de aviões russos no espaço aéreo europeu, incluindo jatos privados, bem como o bloqueio de meios de comunicação russos, como a agência de notícias Russia Today e a Sputnik, na UE.

Leia a notícia completa no Expresso.