As Festas do Concelho em honra de S. Tiago regressaram a Celorico de Basto no fim de semana passado, com uma programação na qual se evidenciaram os usos e costumes das gentes do concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima, destacou o cortejo etnográfico como: “O verdadeiro momento das nossas gentes, do retrato da nossa identidade, com uma apresentação cuidada e fiel aos usos, costumes e tradições de cada freguesia”.

Foto: Município de Celorico de Basto

“É impressionante a forma como as pessoas responderam ao nosso chamado, depois de dois anos sem atividades receávamos que a população se inibisse de participar e assistir às festividades, mas, felizmente, isso não aconteceu e tivemos uma participação massiva seja nas atividades promovidas seja a assistir. Esta é, de facto, a festa do nosso povo, da nossa gente, e todos as atividades promovidas são feitas para que se sintam bem, integrados, que vivam e revivam as nossas tradições, e com isso que colaborem para a sua preservação. Tivemos um cartaz cultural diversificado onde a cultura e o desporto se fundiram na perfeição e proporcionaram o deleite a todos os participantes”, afirmou, citado num comunicado da autarquia.

Foto: Município de Celorico de Basto

As Festas de S. Tiago iniciaram na sexta, 22 de julho, com o tradicional despique de bombos com a participação de todos os grupos de bombos do concelho e o concerto da Cooperartes, que apresentou o projeto “Grooving Orchestra by AMB”. No sábado, decorreu o concerto dos Omni’s, que mostraram o seu repertório na praça Albino Alves Pereira. Agir atuou de seguida, atraindo “milhares de pessoas a Celorico de Basto, fãs incondicionais das suas músicas, e que encheram a praça Cardeal D. António Ribeiro”. A noite continuou com a festa dentro das festas, o S. Tiago Toda a Noite, uma noite de dj´s com Cozta, The fucking Bastards, Patolas e Maryzka.

Foto: Município de Celorico de Basto

No domingo, 24 de julho, o dia começou com a Corrida de S. Tiago, uma atividade desportiva que une Celorico de Basto a Mondim de Basto e que contou com “elevada adesão”. A tarde foi dedicada à cultura com o concerto da Banda de Música de Sta. Tecla, seguindo-se o cortejo etnográfico com a participação das freguesias do concelho e a demonstração dos usos, costumes e tradições, “sem esquecer as preocupações ambientais e a sátira”. De seguida, foram todos convidados a participar na merenda de S. Tiago e a noite terminou com o festival de folclore protagonizado pelo rancho folclórico de Sta. Maria de Canedo, o Centro Cultural e Folclórico de Gandarela, o Rancho Folclórico do Centro Cultural e Recreativo de S. Bartolomeu do Rego e o Rancho Folclórico Os Amigos do Castelo.

Foto: Município de Celorico de Basto

Na segunda-feira, feriado municipal em honra de S. Tiago, foi promovida uma eucaristia na Igreja de nossa Senhora da Conceição e, à tarde, decorreram as marchas populares do Celorico a Mexer.

Foto: Município de Celorico de Basto
Foto: Município de Celorico de Basto