As tenistas portuguesas em prova tiveram um “arranque positivo” no quadro principal da segunda prova do Lousada Indoor Open, que decorre nos courts cobertos do Complexo Desportivo de Lousada.

Matilde Jorge, de Guimarães, iniciou a sua prestação ao defrontar e vencer a francesa Maelle Leclercq, em dois sets, pelos parciais de 6-3 e 6-0. Agora, a tenista que treina no centro de alto rendimento da Federação Portuguesa de Ténis terá que bater-se com a jovem promessa sueca Tilde Stromquist, igualmente de 18 anos, que levou a melhor sobre a gaulesa Jenny Lim, por 7-5, 5-7 e 6-0.

Igualmente em frente seguem Sara Lança e Mafalda Guedes. Sara Lança apadrinhou a estreia da atual campeã nacional Sub-14, a bracarense Carolina Correia, derrotando-a por 6-0 e 6-3, enquanto Mafalda Guedes levou a melhor sobre Milla Sequeira, batendo-a por 7-5, 5-7 e 6-0.

Carolina Azadinho, de Lisboa, regressada de uma paragem por lesão, deixou uma boa imagem, mas não teve argumentos para contrariar a italiana Maria Vittoria Viviani, que triunfou por 6-2 e 6-3.

A belga Clara Vlasselaer, quarta favorita e semifinalista na semana passada em Lousada, superou a francesa Diana Martynov, por 7-6 (8) e 6-4. No derradeiro encontro dos singulares, Pei-Chi Lee, tenista de Taipé, segunda cabeça-de-série, foi afastada pela gaulesa Sarah Illiev, que venceu por 2-6, 6-1 e 7-6 (4).

Pode acompanhar o torneio aqui.