O frio chegou em força a Portugal e em particular à região do Tâmega e Sousa que, neste momento, se encontra em alerta amarelo devido às baixas temperaturas.

As preocupações são várias, nomeadamente no que aos veículos de transporte diz respeito. Ter os vidros do carro embaciados acontece bastante nesta altura do ano e torna-se perigoso para quem conduz.

Como forma de prevenção e segurança, a Guarda Nacional Republicana (GNR) sugere a utilização de um descongelante “para inibir a formação de gelo ou geada” e garantir a visibilidade durante a condução.

Segundo a GNR, pode ainda preparar um descongelante “caseiro” para pulverizar o vidro. Assim, sugerem “uma das seguintes receitas: Para três partes de água, uma de vinagre; ou para duas partes de água, uma de álcool”, pode ler-se na publicação de Facebook.

Como alternativa “raspe o gelo utilizando um cartão de plástico que tenha na sua carteira. Atenção: Não coloque álcool ou vinagre no depósito de água do limpa pára-brisas.”, acrescenta a força policial.

Porque é que os vidros do carro ficam embaciados?

Os vidros ficam embaciados devido ao choque térmico entre o interior e o exterior. Geralmente o ar dentro do veículo está mais quente e com o frio do lado de fora, cria condensação. A respiração das pessoas, o cabelo, a roupa ou qualquer outra coisa, se estiverem molhados, intensificam a condensação.