Tecnologia

Google lança linha de dispositivos para ajudar nas videoconferências

Ana Regina Ramos

20-09-2020

Saiba mais sobre o Google Meet Series One

Foto: Google

Google Meet Series One é o nome da linha de hardware que a Google lançou para ajudar nas videoconferências.

Como regresso de muitas empresas ao escritório e de outras que planeiam a combinação de ambientes de trabalho remotos e presenciais, a Google, em parceria com a Lenovo, projetou o Series One destinado aos utilizadores do Google Meet, permitindo a participação em reuniões com a sua voz, desfrutar de áudio de estúdio através do cancelamento de ruído aprimorado e beneficiar de recursos inteligentes como o enquadramento automático de participantes.

Através do mais recente em inteligência artificial, o equipamento permitirá reuniões virtuais mais próximas do real e filtrar sons como o escrever no teclado, com áudio melhorado e vídeo mais nítido, utilizando o TrueVoice®, cancelamento de ruído multicanal e tecnologia de amplificação de voz minimiza as distrações para garantir que todas as vozes sejam ouvidas. A Smart Audio Bar usa oito microfones e a configuração mais completa do kit da Series One permitirá 44 canais simultaneamente.

Todos os kits deste Series One, que possui configurações para salas pequenas, médias e grandes, usam a mesma tecnologia dos “data centers” da Google, integrada diretamente no Meet Compute System e na Smart Audio Bar. A empresa explica ainda que os módulos aceleradores Coral M.2 com TPUs do Google Edge permitem processamento de áudio e vídeo alimentado por inteligência artificial que preserva a privacidade e permite que o Series One aproveite as futuras inovações de “machine learning”, enquanto mantém alto desempenho e confiança para o trabalho virtual.

Foto: Google

Cada kit inclui ainda uma “smart camera” 4K (regular ou extra grande), com a Smart Camera XL de 20.3 megapixels e 4.3x zoom. A alta resolução torna os efeitos digitais PTZ (pan, tilt, zoom) e o enquadramento automático do participante possíveis sem perda de qualidade de imagem.

O Compute System do Series One foi desenvolvido especificamente para o Meet no Chrome OS, facilitando a instalação e a atualização. A gestão é feita a partir da consola do Google Admin e para ajudar a monitorizar a utilização da sala e manter os protocolos de segurança, cada kit pode detetar anonimamente o número de participantes e visitas da sala.

Além disso, foi implementada uma arquitetura de fonte de alimentação única com PoE (Power-over-Ethernet) e um sistema de gestão de cabos codificado por cores para componentes que ajuda a reduzir a confusão de cabos e simplifica a instalação, enquanto reduz significativamente os custos, refere a Google. Conforme o tamanho da sala, os kits também mudam, podendo ser expandidos com mais pods de microfone e uma barra de áudio adicional para som stereo que preenche a sala.

Foto: Google

Para controlar uma reunião, por exemplo, poderá optar pelo controlo touchscreen de 10.1”, alimentado por um único cabo. Os kits para salas pequenas incluem um controlo remoto recarregável e todos os kits são compatíveis com controlo por voz através do Google Assistant,

As atualizações são automáticas e o hardware estará sempre a executar o firmware mais recente, patches de segurança e inovações, garante a empresa, que afirma também que todos os componentes foram testados quanto à durabilidade em ambientes de alto uso, sendo que os kits apresentam três anos de Lenovo Premier Support.

Quanto ao design, foi projetado especificamente para clientes e administradores, apresentado duas opções de cor, Charcoal e Chalk.

Foto: Google