Até ao dia 22 de janeiro o Teatro Rivoli vai assinalar o 91.º aniversário com um programa diversificado.

Dias 20 e 21 (sexta-feira e sábado), às 21h30, o Grande Auditório recebe “Mystery Sonatas/ for Rosa”. Escritas por volta de 1676, as Sonatas dos Mistérios são uma tradução musical dos 15 mistérios sagrados da vida da Virgem Maria. Uma peça da coreógrafa Anne Teresa de Keersmaeker, com direção musical de Amandine Beyer e o ensemble Gli Incogniti.

No Pequeno Auditório, nos dias 21 e 22 (sábado e domingo), às 16h00 e às 15h00, respetivamente, o Teatro de Marionetas do Porto assinala 35 anos de percurso com “Como um carrossel”, que conta a história de uma menina que vai crescendo numa espécie de viagem ao longo da qual muitas perguntas são lançadas e estimulam a sua relação com o mundo. Escrito e encenado por João Paulo Seara Cardoso, em 2006, tem por base o texto “Como um Carrossel à Volta do Sol”. Nesta nova versão foram incluídos momentos em língua gestual portuguesa, num gesto de aproximação a mais pessoas.

No dia 21, às 18h00, vai ser lançado o 10.º volume dos Cadernos do Rivoli, centrado exclusivamente na dança e, pela primeira vez, em formato bilingue. Quem cria, pensa e escreve sobre dança foi convidado a desconstruir a(s) “História(s) da Dança” e a partilhá-las nesta nova publicação.

A partir das 23h30 arranca o live act Trypas Corassão, da dupla brasileira composta por Tita Maravilha e Cigarra. Um projeto estético e político de criação híbrida entre música eletrónica e performance. Uma proposta híbrida e sensual com músicas do Brasil e do mundo, do funk ao jungle, mastigando a cultura pop e (tradicional) popular, samples históricos, o over dramático e o pós-romântico.

No domingo, dia 22, e a encerrar o 91.º aniversário do Teatro Rivoli, apresenta-se, às 17h00, a proposta “Máquina Magnética”, um quarteto em que a eletrónica digital do duo de Miguel Carvalhais e Pedro Tudela (também conhecido por @c) encontra os instrumentos percussivos customizados de Gustavo Costa e a luz e vídeo em tempo real de Rodrigo Carvalho. Em palco, cruzam-se perspetivas musicais que têm como ponto comum a experimentação e que renovam as linguagens das vanguardas musicais, dando origem a um espaço luminoso, intenso, e invisivelmente expressivo.

O programa de aniversário é gratuito, mediante levantamento de bilhete, nos dias das sessões, a partir das 10h00, na bilheteira do Rivoli ou online, em tmp.bol.pt.