Resende

Incidência de casos de COVID-19 em Resende ainda é a mais alta da região

Ana Magalhães

07-05-2021

Apesar do valor elevado, o concelho tem vindo a diminuir a incidência de casos nas últimas semanas.

Foto: Município de Resende

A Direção-Geral da Saúde atualizou, esta sexta-feira, dia 7 de maio, os dados por concelho relativos à COVID-19, utilizando como base a incidência por 100 mil habitantes, metodologia adotada nos últimos meses para divulgar este tipo de dados.

De acordo com os dados divulgados, Resende apresenta uma incidência cumulativa a 14 dias de 237 casos por 100 mil habitantes. O concelho regista, por isso, uma descida em relação à informação divulgada na semana anterior, em que o relatório apresentava uma incidência de 404. Apesar desta descida, Resende continua a ser o concelho da região do Tâmega e Sousa com a incidência mais alta.

Devido a esta alta incidência de casos, o concelho de Resende mantem-se na segunda fase do plano de desconfinamento do Governo, enquanto que a maioria dos concelhos do país estão na quarta e última etapa.

O concelho tem, de acordo com dados de dezembro de 2019, um total de 10.137 habitantes.

Os dados apresentados correspondem ao intervalo de 22 de abril a 5 de maio. A classificação de risco é realizada de acordo com as categorias utilizadas pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças.