Paços de Ferreira

Espaço Empresa de Paços de Ferreira atendeu mais de 1.000 pessoas em três anos

José Rocha

22-04-2021

A CIM do Tâmega e Sousa descreve este espaço como "um exemplo de boas práticas no âmbito da digitalização e como uma nova abordagem empresarial inovadora".

Foto: Município de Paços de Ferreira

O Espaço Empresa de Paços de Ferreira cumpriu três anos de existência esta quinta-feira, dia 21 de abril. Em 2018, o espaço foi inaugurado pela secretária de estado Ana Teresa Lehmann e pelo presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito.

Nestes três anos, de acordo com o município, foram atendidas mais de 1.000 pessoas. De entre os serviços de proximidade para com as empresas e empreendedores concelhios, aos quais foi prestado aconselhamento e apoio, a autarquia destaca, "essencialmente, a criação de novas empresas no concelho".

"O empresário tem aqui um apoio técnico diversificado no atendimento assistido aos serviços digitais disponibilizados ao empresário, informação e no atendimento mediado para processos de licenciamento em que a Câmara Municipal de Paços de Ferreira é entidade coordenadora. Além disso, presta informações sobre processos de licenciamento municipal, apoia o licenciamento de atividades económicas e equipamentos, presta informação sobre localização (rede de infraestruturas de acolhimento empresarial) e acessibilidades", descreve em comunicado o executivo presidido por Humberto Brito.

Humberto Brito, presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira
JOSE VINHA

O Espaço Empresa de Paços de Ferreira disponibiliza também informações sobre incentivos ao investimento e à criação de emprego (quadro de incentivos municipais; isenção de taxas; taxas municipais de operações urbanísticas) e tramitação dos mesmos e informação geral sobre apoios para financiamentos, internacionalização e exportação (com o apoio do IAPMEI e AICEP).

Para terminar, refira-se que, também segundo o município pacense, este espaço foi indicado pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa como "um exemplo de boas práticas no âmbito da digitalização e como uma nova abordagem empresarial inovadora para promover um crescimento inteligente e sustentável".