Lousada

Câmara Municipal e Santa Casa da Misericórdia de Lousada assinam protocolo para criação de Bolsa de Cuidadores

Ana Magalhães

13-05-2021

A Câmara Municipal de Lousada e a Santa Casa da Misericórdia de Lousada vão assinar, esta sexta-feira, dia 14 de maio, um protocolo de parceria para a criação de uma Bolsa de Cuidadores, designada ‘Lousada Cuida’.

A cerimónia terá lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Lousada, sendo que este protocolo permitirá também a criação de algumas medidas de apoio ao Centro de Apoio ao Cuidador Informal de Lousada, que tem como objetivo implementar respostas de apoio social dirigidas aos cuidadores informais.

De acordo com a autarquia de Lousada, os princípios básicos deste protocolo passam por “criar substitutos dos cuidadores informais, permitindo que quem cuida tenha tempo disponível para si”.

Neste seguimento, as duas entidades, no âmbito da implementação do Centro de Apoio ao Cuidador Informal de Lousada, acordam “desenvolver uma atuação conexa e concertada com o objetivo geral de criar uma bolsa de cuidadores formais que possam substituir temporariamente os cuidadores informais, em períodos curtos de tempo, permitindo aos cuidadores algum tempo para descanso e para a realização das suas necessidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar do cuidador e da pessoa cuidada”, foi também explicado.

Segundo o município, esta iniciativa surge na sequência da maioria dos cuidados continuados de longa duração prestados a pessoas que por razão de doença ou incapacidade ficaram dependentes de terceiros, serem exercidos por familiares ou pessoas próximas, não remuneradas e que assumem o papel de cuidadores informais. “O valor económico estimável do trabalho dos cuidadores informais é bastante relevante, estimado aproximadamente em quatro milhões de euros/ano”, foi ainda referido.