Lousada

Município de Lousada alerta para aumento de infetados por COVID-19

Ana Regina Ramos

04-05-2021

Vereador Nélson Oliveira sublinha que não se deve "relaxar, pois os números podem piorar num instante".

Após a reunião semanal com a autoridade de saúde local, o município de Lousada alerta "a população para um aumento do número de infetados" por COVID-19 no concelho.

A informação foi divulgada online pelo vereador Nélson Oliveira, que refere que, depois de terem surgido "alguns casos na comunidade escolar (Caíde de Rei, Torno e Meinedo), a Autoridade de Saúde atuou de imediato e, só neste fim-de-semana, foram feitos mais de 1000 testes PCR de modo a restringir ao máximo possíveis cadeias de transmissão".

"Com este elevadíssimo número de testes em tão pouco tempo, apesar dos transtornos causados, foram detetados 17 casos positivos, sendo que a Autoridade de Saúde explica que uma boa parte destes contágios está relacionado com cadeias de transmissão oriundas de outros concelhos vizinhos", escreve.

Esta análise técnica "permite concluir que os casos não tiveram origem nas escolas, mas foi através das escolas e da atenção dada a este problema que foi possível detetar e prevenir situações mais graves".

Contudo, lembrando que o município está em articulação com as Direções dos Agrupamentos, Escolas, Juntas de Freguesia e com a Autoridade de Saúde a liderar este processo, solicita "máxima atenção a possíveis sintomas".

Apesar de o Mapa de Risco de Lousada se encontrar abaixo dos 120 casos / 100.000 habitantes (cerca de 60 casos/100.000hab), o vereador sublinha que não se deve "relaxar, pois os números podem piorar num instante".

"O uso de testes em massa, tal como aconteceu no último fim-de-semana, é uma ferramenta imprescindível para conseguirmos conter o aumento descontrolado de casos que poderiam ter consequências na saúde pública, mas isso não dispensa, de modo algum, os cuidados que cabem a cada um de nós. Com o desconfinamento generalizado, só conseguiremos evitar o crescimento exponencial de novos casos se nos mantivermos, todos, cuidadosos, responsáveis e vigilantes", indica.

A Linha de Apoio Municipal (969517603 ou 931781443) está preparada para atender as dúvidas que possam surgir e o vereador pede que todos os que se encontram em isolamento profilático, ou a cumprir quarentena, que "respeitem o confinamento e o isolamento", acrescentando que "é fundamental que o isolamento seja cumprido integralmente, sem que haja contactos próximos com membros do agregado familiar".