Celorico de Basto

Escolas básicas de Celorico de Basto receberam equipamentos para prática de ténis

Ana Regina Ramos

06-06-2021

Este projeto é apadrinhado por quatro pessoas que contribuirão para a divulgação e promoção da atividade nos quatro centros urbanos do concelho sendo eles, Rui Monterroso, Vera Carvalho, Xavier Martins e João Varejão.

Foto: Município de Celorico de Basto

As escolas básicas do concelho de Celorico de Basto receberam equipamentos desportivos para a prática de ténis.

A Associação Juvenil “A Pérola”, agora com uma vertente desportiva, tem vindo a articular todos os esforços para consolidar a prática de ténis no concelho, objetivo partilhado com o município de Celorico de Basto que, em uníssono, promoveram uma entrega de material desportivo direcionado ao ténis, aos alunos das escolas básicas dos quatro centros urbanos do concelho.

O centro de treinos para jovens e adultos localiza-se, numa primeira fase, no gimnodesportivo da Mota, mediante inscrição, podendo de acordo com a adesão, promover-se em outros locais do concelho.

Foto: Município de Celorico de Basto

O objetivo é "levar a modalidade às escolas, iniciativa aceite pelo Agrupamento de Escolas, para fomentar o gosto, desde tenra idade, mas também criar condições para que os jovens e adultos possam praticar este desporto", refere um comunicado da autarquia.

“Esta é mais uma modalidade apoiada pelo município de Celorico de Basto, uma atividade física com muitos benefícios para a saúde das crianças, jovens e adultos. Nas escolas básicas as crianças poderão praticar a modalidade nos polidesportivos que terão, a curto prazo, as redes fixadas e contarão com os professores de educação física do município para ensinar a modalidade. Ao mesmo tempo, cedemos o gimnodesportivo da Mota à Associação Juvenil 'A Pérola' e os recursos humanos necessários para que a modalidade possa estar disponível para os jovens e adultos que queiram ingressar pela prática deste desporto”, disse Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

O autarca verificou que “esta é uma modalidade dispendiosa e, por isso, raramente praticada em escolas ou clubes, contudo, com a entrega deste material, com os equipamentos e recursos humanos estão criadas as condições para que a mesma se pratique como desporto escolar”.

Foto: Município de Celorico de Basto

Este projeto do ténis prevê-se sustentável para as escolas, mas "é junto dos jovens e adultos que reside maior vontade e dificuldade de fomentar esta modalidade".

O presidente da Associação Juvenil “A Pérola”, Manuel Maria Afonso, aponta esta iniciativa como um grande salto nos objetivos da associação. “O nosso objetivo é fomentar a prática desportiva nas crianças, nos jovens e nos adultos. Efetivamente, esta associação existe há 28 anos, mas, ao longo dos tempos, promoveu atividades culturais e recreativas esporádicas e sem continuidade e achamos que era tempo e momento de ingressar para a vertente desportiva, de criar ações perenes com longevidade e sustentáveis", indica, descrevendo que iniciaram com o gira vólei, mas com a pandemia viram-se "forçados a parar com as ações programadas".

"Entretanto, surgiu o ténis e com ele a parceria com o município e a inclusão do Agrupamento de Escolas e achamos que é agora que vamos despoletar os nossos objetivos. O ténis tem condições neste concelho para a sua prática e queremos torná-lo mais acessível, permitindo a sua prática ao público em geral”, remata.

Foto: Município de Celorico de Basto

Este projeto é apadrinhado por quatro pessoas que contribuirão para a divulgação e promoção da atividade nos quatro centros urbanos do concelho sendo eles, Rui Monterroso, Vera Carvalho, Xavier Martins e João Varejão.

Para Rui Monterroso, que esteve presente na ação de distribuição do equipamento desportivo, “este é um desporto muito completo" e "é importante" que as crianças possam praticá-lo, sobretudo, "para as afastar dos telemóveis e jogos virtuais". "Todas as atividades físicas e desporto escolar que invertam o sedentarismo das nossas crianças são sempre muito bem-vindas e têm que ser apadrinhadas", conclui.

Este projeto conta ainda com o apoio do IPDJ, Instituto Português do Desporto e Juventude.

Foto: Município de Celorico de Basto