Baião

Representantes de entidades ligadas ao setor agrícola de quatro países visitaram Baião

Ana Regina Ramos

10-06-2021

Iniciativa pretendeu "mostrar boas práticas de conservação, dinamização e revitalização de diversos tipos de locais na região"

Foto: Município de Baião

No passado dia 1 de junho, a quinta do Mosteiro de Santo André, o Carvalhal de Reixela e a Serra da Aboboreira receberam uma visita organizada pela EPAMAC (Escola Profissional de Agricultura do Marco de Canaveses), que trouxe a Baião representantes de escolas estrangeiras ligadas à agricultura de quatro países: Itália, Polónia, Estónia e França.

Os participantes foram recebidos nos Paços do Concelho pelo presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, e pelo vereador dos Assuntos Económicos, José Lima. O autarca referiu que “esta visita é relevante, tendo em conta que a temática que estão a abordar, nomeadamente a preservação do património ambiental, é um aspeto que a Câmara Municipal está fortemente envolvida como parte da estratégia preconizada por este executivo" para a promoção do território.

Assistiram ainda aos vídeos promocionais “Baião – Terra de Aventura”, “Baião – Terra de Afetos” e “Baião – Destino Turístico Sustentável”, este último relativo à certificação do concelho como destino turístico sustentável pela entidade EarthCheck.

Participaram na visita representantes das escolas profissionais Giovanni Cerletti, de Itália e Tuchola, da Polónia, da associação de escolas profissionais no setor “verde” – EUROPEA (Polónia) e de duas organizações não governamentais People to People, da Estónia e MITRA, de França.

A iniciativa foi coordenada por José António Silva e Pedro Martins, da EPAMAC, com o intuito de "mostrar boas práticas de conservação, dinamização e revitalização de diversos tipos de locais na região", indica um comunicado da autarquia. Inseriu-se no âmbito do projeto ERASMUS+ “Give New Life”, que tem como principal objetivo a revitalização ambiental ou cultural.

Foto: Município de Baião