Tâmega e Sousa

Dolmen integrou reuniões de definição das novas estratégias LEADER/DLBC 2030

José Rocha

02-05-2021

Fique a par das conclusões retiradas das sessões.

Foto: Dolmen

De 24 de março a 27 de abril, a Dolmen participou em reuniões de trabalho promovidas pela Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local. A cooperativa, recorde-se, é a entidade local gestora do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) Rural Douro Verde 2020 nos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende.

Dirigidas aos Grupos de Ação Local e realizadas por videoconferência, as sessões "possibilitaram uma reflexão conjunta acerca das prioridades das próximas Estratégias de Desenvolvimento Local, a aplicar pelos grupos nos respetivos territórios de intervenção, no próximo quadro de programação, ou seja, no LEADER/DLBC 2030. A primeira sessão centrou-se nas temáticas, áreas e tipologias de intervenção a incluir neste instrumento. Já a segunda teve enfoque no modelo de governação pretendido", esclarece a Dolmen em comunicado.

Ainda segundo a cooperativa, das conclusões destas reuniões de trabalho, destacam-se a perceção da importância de retoma dos princípios primordiais do programa LEADER - Ligações Entre Ações de Desenvolvimento da Economia Rural - que inspirou o atual instrumento DLBC, mais concretamente o seu caráter inovador; e a definição centralizada de medidas de apoio demasiado padronizadas, e que dessa forma não reconhecem nem valorizam as particularidades dos territórios e das comunidades.

É também referido que os Grupos de Ação Local identificaram de forma unânime "a necessidade de reforçar a autonomia de decisão de base local, permitindo assim que sejam acauteladas diferenças existentes entre territórios e definidas medidas que se adequem às realidades locais".

Recorde-se que o principal objetivo das Estratégias de Desenvolvimento Local é a promoção de territórios mais competitivos, sustentáveis, atrativos e coesos.