Sociedade

Homem ameaçou de morte vizinhos com disparos em Amarante

José Rocha

29-04-2021

O suspeito tem 63 anos.

Foto: GNR

A GNR deteve na passada terça-feira, dia 27 de abril, um homem de 63 anos por posse ilegal de arma no concelho de Amarante.

A detenção deu-se por parte dos militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel no âmbito de uma denúncia por violência doméstica e ameaças.

Segundo é referido pela autoridade em comunicado, apurou-se que "o suspeito, desde que se reformou, passou a consumir bebidas alcoólicas, adotando reiteradamente comportamentos violentos e intimidatórios na via pública contra a sua esposa e vizinhos".

"Em várias ocasiões, o suspeito, alcoolizado, munido com uma arma de fogo, efetuou diversos disparos nas traseiras da sua residência, injuriando e ameaçando de morte os vizinhos, causando desta forma alarme e inquietação social na população", lê-se também no documento.

Face a estes relatos, a GNR realizou uma busca domiciliária, que resultou na apreensão de uma arma de fogo sem documentação válida, uma arma branca e diversas munições.

O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório esta quarta-feira no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel. Foram-lhe aplicadas as medidas de coação de proibição de adquirir ou usar armas de fogo ou armas brancas, devendo proceder à entrega no posto policial da sua área de residência de todas as armas que possua e obrigação de se sujeitar a tratamento à sua dependência alcoólica.

No mesmo comunicado, a GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.