A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, em articulação com o Ministério Público – DIAP de Santo Tirso, procedeu, esta quinta-feira, dia 8 de setembro, à detenção de uma mulher por suspeita da prática de crime de peculato cometido no exercício de funções de administrador de insolvência.

A detida é “suspeita de se ter apropriado de valores superiores a 100 mil euros, no decurso de um processo de insolvência que corria termos no Tribunal de Comércio de Santo Tirso, da comarca do Porto”, refere um comunicado da PJ.

Na operação policial foram ainda realizadas buscas “com vista à recolha de documentação e outros elementos com relevância para a prova dos crimes em investigação”.

A detida vai ser presente à autoridade judiciária competente para interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.