maria amelia ferreira
Publicidade

Há uns anos, estreou um filme “Este País não é para Velhos”. Em Portugal deveria intitular-se “Este é um País de Idosos”, fazendo-nos pensar não só no país que queremos para os nossos mais velhos, mas também para todos nós. Estamos perante uma das transformações sociais mais importantes do século XXI. O INE reporta que nos próximos 50 anos Portugal perderá população, dos atuais 10,3 para 8,2 milhões de pessoas, que o número de jovens diminuirá de 1,4 para cerca de 1,0 milhões e que o número de idosos (mais de 65 anos) passará de 2,2 para 3,0 milhões. O índice de envelhecimento em Portugal quase duplicará, passando de 159 para 300 idosos por cada 100 jovens (em 1961, havia 27 idosos por cada 100 jovens).

Neste cenário demográfico, a Saúde Social é um conceito integrador da interação do indivíduo com a sociedade, onde as redes de apoio são fundamentais para manter equilibradas as dimensões de saúde, designadamente no envelhecimento. É premente construir um modelo de intervenção/atuação sustentável, que integre o setor social e o da saúde, baseando-se na prestação humanizada de cuidados de saúde no envelhecimento no domicílio (“aging in place”/“aging in community”).

Desenvolvemos, de modo inovador, um “Modelo Integrado de Saúde Social no Envelhecimento (MISSE): Cuidados de Saúde Centrados na Pessoa e Baseados na Relação”. Está demonstrado que é possível instituí-lo – de modo sustentável – na Comunidade Marcoense. É o desafio do futuro na saúde social no envelhecimento, inovando em cuidados especializados na população sénior, fragilizada e empobrecida, em intervenção no domicílio, promovendo a humanização dos cuidados de saúde. O domicílio deve ser o local de eleição para se envelhecer, uma vez que permite manter a independência, a autonomia e o contacto social. As ações já realizadas foram estruturadas com a finalidade de se construir um modelo de prestação humanizada de cuidados de saúde no envelhecimento, no domicílio.

Este parece-nos ser o caminho para o sucesso da Saúde Social no Envelhecimento. É o nosso desafio para 2023!

Maria Amélia Ferreira
Provedora
Santa Casa da Misericórdia do Marco de Canaveses