A marca do Grupo Renault, Dacia, conquistou uma quota de mercado recorde e foi a líder de vendas a clientes particulares, com o Sandero e o Duster a serem os dois modelos preferidos dos portugueses.  

No mercado de Veículos de Passageiros, a Dacia ficou no top 4, com uma quota de 6,5%. Um valor que corresponde a 10.157 unidades vendidas – mais 74,4% do que em 2021. Um resultado que a empresa considera “extraordinário” devido aos constrangimentos causados pela crise dos semicondutores.

Desta forma, 23% das vendas tiveram como origem o digital e o modelo Sandero foi o segundo mais vendido no mercado total, enquanto o Duster entrou, pela primeira vez, no top 10 de vendas, tendo sido o 9.º automóvel mais vendido no país.

Com mais 76% de unidades Bi-Fuel (gasolina+GPL) comercializadas em relação a 2021, a Dacia liderou este particular segmento, com os modelos Sandero e Duster e cerca de 70% das vendas da Dacia assentaram nas versões mais equipadas de cada modelo.