O frio e as temperaturas baixas continuam a marcar o mês de janeiro, o que faz com que muitos portugueses tenham dificuldades em contornar os gastos com a eletricidade.

Devido à inflação, os preços da energia têm aumentado, no entanto, existem alguma soluções que pode aplicar para poupar e, ainda, contribuir para o ambiente.

Assim e de forma a diminuir a fatura da eletricidade no fim do mês poderá aplicar, dentro de casa, algumas destas dicas:

  • Desligar os dispositivos elétricos que não está a utilizar;
  • Substituir as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras. Poupam 80% da energia elétrica utilizada e duram 8 vezes mais;
  • Manter a temperatura adequada, o recomendável é manter entre 19.º e 21.º no inverno;
  • Evitar cobrir radiadores, as coberturas do radiador ou qualquer outro elemento que obstrua a saída de calor, significam que a casa não atinge a temperatura desejada, pelo que aumentará a potência e, consequentemente, a conta;
  • Evitar ter as luzes ou os equipamentos ligados, quando não for necessário;
  • Procure calafetar portas e janelas, isolar paredes, tetos e o pavimento de casa. Ao fazê-lo, está a economizar energia e a reduzir o investimento em sistemas de climatização;
  • No Inverno, aproveite a radiação solar para aquecer a casa, através das janelas;
  • Utilize as máquinas de lavar, sempre que puder, com a carga completa e num programa de baixa temperatura.