Este domingo, 20 de março, assinala-se o Dia Mundial da Saúde Oral. Conheça alguns conselhos para manter uma boa saúde oral.

De acordo com o Barómetro da Saúde Oral 2021, realizado pela consultora QSP para a Ordem dos Médicos Dentistas, a percentagem de portugueses que não foi ao médico dentista nos 12 meses que antecederam a resposta ao inquérito subiu face aos valores pré pandemia (2019). Do total de inquiridos, 17% dos portugueses diminuiu o número de idas ao médico dentista.

Além disso, cerca de 28% dos portugueses nunca visitou o médico dentista ou apenas o faz em situações de urgência, sendo que 28,6% admitiu nunca ter marcado consulta para check-up. Quanto aos hábitos de higiene oral, apesar de 76% dos inquiridos ter afirmado escovar os dentes com frequência (pelo menos duas vezes ao dia), o uso de fio dentário e de elixir está ainda aquém do recomendável (7,5% e 9,3%, respetivamente).

Assim, como conselhos para a melhoria dos hábitos de higiene oral, deverá:

  • Escove os dentes frequentemente e durante o tempo recomendado.
    A escovagem dos dentes é a principal ação para uma correta higienização dentária. Deve escovar, pelo menos, duas vezes por dia, durante aproximadamente dois minutos. Recomenda-se que o dentífrico contenha fluor e que a escova de dentes seja substituída a cada três meses.
  • Utilize fio dentário para complementar a escovagem dos dentes.
    Apesar de a escovagem ser extremamente importante, poderá não ser suficiente para uma higienização de todas as áreas da boca. Assim, a escovagem deve ser complementada com a utilização de fio dentário que pode ajudar a prevenir a gengivite e outras doenças periodontais, o que é fundamental uma vez que toda a população tem ou já teve gengivite e, por outro lado, a periodontite afeta quase um em cada dois adultos com mais de 35 anos.
  • Quando indicado, utilize um elixir oral para complementar os seus hábitos de higiene oral.
    O elixir bucal é um líquido utilizado para higienizar a cavidade oral, incluindo os dentes, as gengivas e a boca. Apesar de não substituir a escovagem nem o fio dentário, apresenta a vantagem de conseguir alcançar zonas que não seriam tão fáceis de outra forma. Antes de dormir é a melhor altura para utilizar esta solução oral uma vez que, desta forma, o mesmo terá um contacto mais prolongado com a cavidade oral, potenciando os seus efeitos.
  • Visite regularmente o médico dentista ou estomatologista.
    Deve consultar o médico dentista ou estomatologista idealmente duas vezes por ano. Assim, poderá prevenir, identificar e tratar problemas dentários evitando que progridam para situações mais graves, levando em casos extremos à perda de dentes.
  • Faça uma alimentação saudável.
    Este conselho aplica-se também à saúde oral, na medida em que parte importante de uma alimentação saudável passa por evitar o consumo de alimentos e bebidas açucaradas, entre as quais as bebidas alcoólicas, prevenindo as cáries dentárias, uma doença que ocorre devido à ação do ácido produzido por algumas bactérias quando estão na presença de açucares, que afeta quase 90% da população em alguma altura da sua vida, podendo originar a destruição parcial ou total do dente. Também o tabaco é prejudicial à saúde oral, sendo recomendado abandonar-se totalmente este hábito.

“Na saúde oral, tal como em muitos outros problemas de saúde, a prevenção é fundamental. Seguir estes conselhos pode ajudar a evitar muitos problemas de saúde da boca e dos dentes, mas, em caso de doença da cavidade oral, deve imediatamente procurar um profissional de saúde especializado”, refere um comunicado da Angelini Pharma, explicando que, na altura de escolher os produtos mais adequados para a sua higiene oral, pode aconselhar-se com o seu médico dentista ou com o seu farmacêutico.