A Rota do Românico lançou recentemente um livro de fotos dedicado aos Cuidadores do Património, da autoria de Luís Barbosa.

A entrega simbólica do primeiro exemplar ao cuidador da Igreja de Santa Maria de Meinedo, Manuel Silva, teve lugar no Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, na tarde de sexta-feira, dia 11 de novembro, numa cerimónia apadrinhada por D. Pio Alves, bispo auxiliar do Porto, e por Nuno Fonseca e Luís Monteiro, presidente e secretário-geral da Valsousa/Rota do Românico, respetivamente.

O álbum conta com mais de 300 imagens, “num olhar pessoal e intimista do fotógrafo portuense Luís Barbosa (n. 1975), cuja estética realça a cumplicidade entre o cuidador e o seu monumento, num diálogo equilibrado de luz e sombra”, indica um comunicado da Rota do Românico.

Foto: Rota do Românico

“Um trabalho de rostos, gestos e emoções, mas também de um singular registo das particularidades arquitetónicas e artísticas do património edificado da Rota do Românico, cuja versão digital se encontra já disponível no seu sítio da internet”, pode ler-se.

Em 18 de outubro de 2020, dia de São Lucas, o santo padroeiro dos médicos, a Rota do Românico celebrou pela primeira vez o dia do Cuidador do Património. “Desde então, tem vindo a realizar diversas atividades associadas, incluindo, entre outras, a criação de um canal digital temático, encontros intergeracionais com a comunidade escolar, conferências de divulgação de boas práticas e uma exposição fotográfica itinerante, cuja próxima paragem está agendada para dezembro no Museu Municipal de Resende”, refere o comunicado.

O projeto Cuidadores do Património da Rota do Românico, que pretende “homenagear todos aqueles cidadãos que, de forma dedicada e incondicional, cuidam e acarinham” os bens patrimoniais, constituindo também uma inestimável memória viva do local, foi distinguido, este ano, pelos prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), na categoria Inovação e Criatividade, e pelo prémio internacional Transromanica.