A Rewilding Portugal realizou, no passado sábado, dia 5 de fevereiro, a entrega de prémios da primeira edição do concurso de fotografia de natureza “Rewilding Photo Contest”, em parceria com a Comunidade Cultura e Arte (CCA).

Receberam o prémio presencialmente: João Ferreira (vencedor em Flora e Fungos), Manuel Azevedo (vencedor em Paisagens Naturais), Pedro Lemos (menção honrosa em Flora e Fungos) e Francisco Coimbra (menção honrosa em Paisagens Naturais). O vencedor da categoria de Fauna, André Brito, e a menção de honra na categoria de Fauna, João Galamba Oliveira, não puderam marcar presença no evento e receberão agora os respetivos prémios por via postal.

Foto: Rewilding Portugal

A cerimónia foi realizada no Solar de Vilar Maior, na aldeia de Vilar Maior, que é membro da rede de Casas Históricas do Côa, e, para além das equipas de Rewilding Portugal e da CCA, teve ainda como anfitriões o responsável por este projeto das Casas Históricas, Miguel Esperança Pina, assim como o presidente da União de Freguesias, António Cunha, que deram as boas-vindas aos vencedores do concurso e contextualizaram a história da freguesia e a importância de dar a conhecer todo o seu património histórico e cultural. Esteve ainda presente o realizador e membro do júri do concurso, João Cosme, que entregou um dos prémios.

Foto: Rewilding Portugal

Em comunicado, esta organização privada sem fins lucrativos – que pretende promover a conservação da natureza e que realiza também trabalhos na zona de Cinfães e Resende – afirma que o dia foi ainda aproveitado para dar a conhecer o Vale Carapito, primeira área ‘rewilding’ da região, através de uma visita realizada pelo parceiro da Rede Côa Selvagem, Fernando Romão da Wildlife Portugal. As refeições foram realizadas nas instalações de outro membro da Rede Côa Selvagem, a Casa Villar Mayor.

A Rewilding Portugal garante que o concurso regressará este ano para a sua segunda edição e com novidades.

Pode ver as fotos vencedoras neste link.