A Junta de Freguesia de São João de Fontoura, em Resende, realizou uma “sentida homenagem” os ex-combatentes do ultramar falecidos na guerra, Angola, Moçambique e Guiné, bem como a todos os restantes. O evento decorreu nas instalações da junta, no dia 17 de dezembro.

Foi com “muita satisfação e regozijo” que a comunidade recebeu alguns representantes da Liga dos Ex-Combatentes de Lamego, o presidente da Assembleia Municipal, presidente da Assembleia de Freguesia, Vereador, presidente de junta e outros convidados.

A cerimónia religiosa esteve a cargo do Cônego Esteves que, “desde o primeiro momento, acarinhou esta nobre causa. A sua mensagem encheu os corações de todos os que ali estiveram presentes, apelando à preservação da memória do passado”, pode ler-se no comunicado enviado pela junta de freguesia.

Os sete ex-combatentes falecidos, Alípio Cardoso, José Loureiro, Manuel Miranda, José Morais, António Coelho, José Lavrador e Manuel Fonseca, foram recordados com testemunhos recolhidos junto dos que os conheceram e com suporte fotográfico evídeo.

A celebração foi “abrilhantada” pelas vozes do grupo coral e o presidente da junta deixou uma mensagem de agradecimento a todos convidados presentes e os envolvidos nesta iniciativa, na qual se dirigiu “de forma sentida às famílias enlutadas e aos ex-combatentes vivos”.

Seguiu-se, pelas 16h00, um momento de louvor no cemitério local, onde se encontram tumulados quatro ex-combatentes falecidos em combate, Manuel Fonseca, Manuel Miranda, José Lavrador e António Coelho, para o descerramento de uma lápide à entrada do cemitério. Este momento foi acompanhado pela fanfarra de Paços de Gaiolo.

O desfecho da homenagem realizou-se nas instalações da Junta de Freguesia, onde foi oferecido um Porto de Honra e ofertada, a cada ex-combatente, uma lembrança representativa do espírito que se vivenciou por todos.

A homenagem, da conhecida ‘Freguesia da Cereja’, terminou com um porto de honra oferecido a cada ex-combatente, “uma lembrança representativa do espírito que se vivenciou” nas instalações da junta de freguesia.