Organizado pelo Motor Clube do Marco, o Raid Terras de Bem Viver regressou no dia 24 de abril com “um balanço muito positivo” para a organização.

Durante todo o dia, e com jipes preparados para o todo-terreno, os apaixonados pela aventura percorreram trilhos de Marco de Canaveses, com um intervalo para o almoço. “O bom tempo trouxe quase 60 participantes a esta edição do Raid Terras Bem Viver, que correu muito bem”, revelou Daniel Pinto, presidente do Motor Clube do Marco

Depois de dois anos de interregno, os participantes reuniram-se “num evento de lazer e que voltou ao que era antes da pandemia, com um dia de convívio entre todos”, acrescenta Daniel Pinto, que realça o “feedback positivo dos participantes que parabenizaram o percurso elaborado pelo elemento do clube, Daniel Vieira e toda a sua equipa”. Uma apreciação estendida “à organização, alimentação e todos os que os receberam”.

No final, houve ainda tempo “para uma componente de espetáculo de trial 4×4 numa pista com cerca de quatro quilómetros”.

O evento contemplou, também, um cariz solidário, com parte da receita a reverter para a Delegação do Marco de Canaveses da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Daniel Pinto enalteceu que “o valor angariado que irá ser entregue à delegação, que conseguiu, através do evento, dar-se a conhecer um pouco mais à comunidade”.

Um gesto “admirado por todos os presentes”, inclusive por Patrícia Vieira, responsável pela delegação, que marcou presença no evento. O Motor Clube do Marco “já havia realizado diversos eventos solidários e poderá ser algo a repetir no futuro com outras associações”, concluiu Daniel Pinto.

A organização do Raid Terras Bem Viver contou com a colaboração da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Junta de Freguesia de Bem Viver e de vários patrocinadores. “Todos nos ajudaram a promover o evento e a voltar a colocar em prática estas atividades de lazer, que nos últimos dois anos foram condicionadas pela COVID-19”, concluiu.