O projeto “Building Real and Virtual Bridges”, inserido no programa Erasmus + e desenvolvido pela Escola Básica e Secundária de Cristelo, trouxe a Paredes 26 alunos da Itália, Turquia e Bulgária.

Os estudantes chegaram no passado domingo, foram recebidos na terça-feira, dia 15 de fevereiro, na Câmara Municipal de Paredes pelo vereador da Educação, Paulo Silva, e ficam até ao próximo sábado, dia 19 de fevereiro. A iniciativa contou com a presença da professora coordenadora do projeto, Célia Barbosa, e do adjunto do diretor da Escola Básica e Secundária de Cristelo, Manuel Lourenço, informa um comunicado da autarquia.

Foto: Município de Paredes

“Estes projetos são muito importantes para a educação e para os nossos jovens, por serem uma oportunidade de estar em contacto com outras culturas”, referiu o vereador.

O objetivo do projeto é “unir diversos alunos e diversos pontos de vista, de forma a estabelecer contacto e partilhar ideias de forma construtiva, sobre temas como o bullying e o cyberbullying”, como explicaram as alunas da Escola Básica e Secundária de Cristelo, Marta Nunes, do 10.º ano, e Tânia Barros, do 11.º ano.

Foto: Município de Paredes
Foto: Município de Paredes
Foto: Município de Paredes
Foto: Município de Paredes