O projeto ‘Meno(s)Pausa+Movimento’, do município Penafiel foi um dos cinco finalistas do Prémio Nacional do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) Políticas Públicas. Anualmente, são premiados os projetos da administração pública que mais de estacaram no panorama nacional.

De acordo com o município, o programa municipal ‘Meno(s)Pausa+Movimento’ promove “comportamentos saudáveis” na pós-menopausa, essenciais na “prevenção ou retardamento de doenças, na redução do declínio funcional e na prevenção do isolamento social, levando as mulheres a envolverem-se mais nas atividades comunitárias e a serem participantes ativas no trabalho e na sociedade”.

Com este projeto, o vice-presidente do município de Penafiel, Pedro Cepeda, afirma que se pretende “promover e incentivar boas práticas para uma vida mais saudável, especialmente num momento tão complexo como é a menopausa”.

No decurso do programa já foram realizadas cerca de 200 consultas médicas e observadas melhorias “muito significativas na qualidade de vida”, em parâmetros de saúde e na aptidão física das participantes. “São resultados muito positivos e que demonstram que estamos perante um programa de grande importância e muito benéfico para a saúde das mulheres”, sublinha o vice-presidente.

O projeto é promovido pela Câmara Municipal de Penafiel e resulta de uma parceria com a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa e o ACES Tâmega II.