Foram inauguradas, esta segunda-feira, dia 7 de fevereiro, as novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, Cinfães, pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde. O presidente da Câmara Municipal aproveitou o momento para pedir ajuda a António Lacerda Sales para que o concelho tenha uma unidade de fisioterapia.

“A Santa Casa da Misericórdia instruiu o processo. Já há muito tempo que isso se vem desenvolvendo. Acontece que a ARS Norte já deu o parecer positivo nesta fase de negociação com a Santa Casa, falta agora a autoridade dos cuidados de saúde dar também o seu parecer, que já tem a ver mais com a questão financeira”, explicou Armando Mourisco.

Além disso, sublinha que o concelho tem “uma cobertura de 100% de médicos de família, mas é uma cobertura que, a qualquer altura, deixa de existir porque há muitos concursos, de seis em seis meses, e os médicos procuram aproximar-se mais da sua zona de conforto, da sua residência”. “É certo também que, conforme uns vão, têm, de imediato, sido substituídos por outros, mas é preciso fixar mais tempo os médicos de família, de forma a que a qualidade dos cuidados ainda seja melhor”, continuou.

Armando Mourisco lembrou ainda que Cinfães tem também o serviço de urgência básica em funcionamento, a unidade de suporte imediato de vida e a unidade de cuidados de saúde personalizados (assistente social, psicologia, nutrição, consultas ao domicílio, ambulatório, enfermagem, saúde materna, saúde infantil, planeamento familiar, consultas de diabetes e hipertensão). “Temos uma cobertura muito boa nessa matéria, com todas as valências”, afirmou.

“Estamos preparados para socorrer a nossa população. Associado àquilo que será, num futuro próximo, uma melhoria das nossas acessibilidades – que tudo está a correr dentro da normalidade e serão financiadas pelo PRR -, penso que há aqui razões para olharmos de uma maneira muito positiva para o futuro”, concluiu.

Esta unidade de Nespereira, que serve população inscrita de 1.725 utentes, está agora num edifício que era uma escola primária e conta com: dois pisos: o rés-do-chão contempla um gabinete de Isolamento, dois gabinetes médicos, um gabinete de Saúde Infantil, um gabinete de Planeamento Familiar, um gabinete de Enfermagem, uma receção/secretariado, sala de espera, bem como as áreas de apoio necessárias e inerentes ao funcionamento da Unidade de Saúde; e o primeiro andar, uma sala de reuniões e um espaço para formação equipado para o efeito.

O valor global do investimento é de 317.972,47 euros (acrescido de IVA à taxa de 6%) e foi obtido através do Programa Norte 2020, em processo organizado pela Câmara Municipal de Cinfães. A Administração Regional de Saúde do Norte fez o acompanhamento do projeto e procedeu à aquisição de algum equipamento.

António Lacerda Sales admitiu que “este Governo tem de estar ao lado desde o maior hospital ao mais pequeno centro de saúde”. “Esta política de proximidade junto das pessoas é, de facto, extremamente importante e estes investimentos são extremamente importantes. Estamos hoje muito satisfeitos! É um dia de festa para Nespereira, é um dia de festa para Cinfães, é um dia de festa para os 1.800 utentes desta região”, rematou.