Na sequência de investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária e em cumprimento de mandado de detenção europeu, foi detido, na Suíça, um cidadão português condenado, em 2020, a uma pena de cinco anos e quatro meses de prisão.

“O arguido foi condenado pela autoria material dos crimes de homicídio na forma tentada e ofensas à integridade física qualificadas, ocorridos pelas 21h00 do dia 07.01.2018, num posto de abastecimento em Duas Igrejas, Penafiel”, indica a força policial em comunicado.

Na ocasião o arguido, então com 33 anos de idade, “agrediu duas vítimas com recurso a uma arma branca, provocando-lhes ferimentos graves e que careceram de intervenção médica urgente”, acrescenta.

No dia seguinte ao crime, o arguido foi detido pela Polícia Judiciária, tendo nessa altura sido presente às autoridades judiciárias e sujeito a medida de coação não privativa da liberdade.

Após a decisão de condenação, em 03.12.2020, transitada em 02.06.2021, “o arguido não se apresentou para cumprir a pena em que foi condenado, tendo sido emitido o mandado de detenção ora cumprido”, pode ler-se na mesma nota.

O detido foi agora entregue sob custódia às autoridades nacionais, tendo sido conduzido para o estabelecimento prisional competente.