Rita Matos, piloto de Paços de Ferreira, fez a sua prova de estreia absoluta na Rampa Porca de Murça, levando para casa os primeiros pontos no Campeonato de Portugal de Montanha 1300 JC Group, ao terminar na nona posição.

Rita Matos foi “tomando o pulso ao carro, à equipa e ao ambiente”. “Confesso que a primeira vez que coloquei o capacete e me preparei para arrancar, senti uma enorme emoção. Mas concentrei-me e foquei em guiar o melhor possível, sempre tendo como ordem mental não cometer erros nem exageros, sabendo bem que de mim era exigido apenas aprender e evoluir”, comentou, citada num comunicado.

A pacense conseguiu ao longo do fim de semana retirar 14,3 segundos ao seu tempo da subida inaugural, estabelecendo como melhor marca 3:15.946, na segunda subida de prova, disputada ao início da tarde de domingo.

Rita Matos terminou a prova “muito contente”. “Significa muito para mim perceber que posso melhor e que este sonho que tinha tem possibilidades de se concretizar com sucesso”, completou, referindo sentir-se “muito motivada” e não vê a “hora de começar a próxima prova”.

O CPM JC Group terá a sua segunda prova da época nos dias 2 e 3 de abril, na Rampa da Penha Paisagem Protegida, em Guimarães, organizada pelo Demoporto.