O piloto de Lousada Jorge Machado vai iniciar, este fim de semana, o ataque ao título nos S1600 no Campeonato de Portugal de Ralicross Transwhite, em Montalegre.

O objetivo é “começar o campeonato a pontuar forte, pois só desta forma é possível fazer um campeonato com a ambição de sonhar com o lugar mais alto do pódio”, cita um comunicado.

No entanto, alerta para o facto de ter de contar com “vários os fatores que podem ou não permitir essa façanha, desde a fortíssima concorrência, aos incidentes próprios das corridas da Divisão S1600”

“Vamos estar em Montalegre como sempre estivemos em pista, focados e fiéis aos nossos princípios, dando tudo para conseguir triunfar”, sublinhou, referindo que a pista inaugural do PTRX 2022 “dispensa apresentações, é um dos mais rápidos” no campeonato e “dos poucos que permite ultrapassar os adversários em vários pontos do circuito, tenho sido muitas vezes feliz neste traçado”. O piloto assim espera continuar, destacando ainda que o traçado internacional junto do Gerês reúne “excelentes condições no paddock para que as equipas tenham alguma comodidade no trabalho durante o fim de semana e bastante espaço, sendo também conjuntamente com Lousada os únicos completamente alcatroados, o que permite em dias de chuva um conforto enorme para todos”.

Quanto ao Citroën C2 S1600, refere que tentaram “extrair ano após ano o melhor do carro e, neste início, não foi diferente”. “Julgo que melhorámos e estou bastante confiante com o teste que fizemos, tenho uma equipa incansável e que está constantemente à procura do melhor para mim. Tenho orgulho em dizer que tenho um carro desenvolvido 100% em Portugal”, completou.