A iniciativa “Pensar Global,Agir Local”, promovida pela Dolmen, irá realizar vários Workshops dedicados ao setor do Kiwi e hortícolas, a primeira sessão desta ação de sensibilização será realizada no dia 21 de fevereiro, às 14h30, no Auditório Municipal do Marco de Canaveses.

O mote desta nova iniciativa é a sensibilização para a adoção de modos de produção mais sustentáveis e respetiva certificação, durante o dia 21 serão realizadas várias Workshops neste âmbito.

Ao longo do dia 21 será também apresentado o referencial estratégico para a região do Tâmega e Sousa, desenvolvido no contexto do projeto onde se abordam os desafios e oportunidades da certificação e é reforçada a importância do potencial diferenciador que poderá estar associado à comercialização de um cabaz de produtos locais biológicos.

Os workshops inseridos neste projeto são promovidos no âmbito do projeto “Biorregião do Tâmega e Sousa”, liderado pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa em parceria com a Dolmen, a Ader-Sousa, o INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e a EPAMAC – Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses.

Texto elaborado por Rui Pinto, aluno estagiário da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro