No passado fim de semana, decorreu o Penafiel Racing Fest pelas ruas da cidade. O evento acolheu, pela primeira vez, duas provas oficiais dos campeonatos nacionais de desporto motorizado e contou também com um aumento de 25% nas inscrições.

Óscar Coelho, da Cooperativa para o Desenvolvimento Desportivo e Cultural, mostrou-se “feliz com o regresso e o sucesso” da edição. “Voltámos em grande. Registámos uma subida do número de inscritos na ordem dos 25%. Tivemos mais de 10.500 downloads da aplicação, o que demonstra o grande impacto do evento nas redes sociais, com as pessoas a interagirem fortemente. Tivemos uma Taça Joaquim Santos em grande nível, com quatro fabulosas passagens pela Street Stage”, disse, citado num comunicado da autarquia.

Foto: Município de Penafiel

Em relação às outras provas, decorreram “com normalidade, a adesão do público foi massiva apesar do calor”. “Na Fun Zone criámos uma dinâmica que envolveu toda a comunidade e os «feedbacks» positivos que temos recebido orgulham-nos pelo trabalho feito e motivam-nos a seguir esta trajetória. Um agradecimento especial à Câmara Municipal de Penafiel, federações e clubes organizadores, GNR, bombeiros, expositores, patrocinadores e todos os elementos do «staff» da organização pelo trabalho fantástico que efetuaram”, finalizou.

No Rally Taça Joaquim Santos, com três triunfos em quatro classificativas, a dupla da Inersel Racing Team, Marco Oliveira e Ricardo Sousa, aos comandos de um Volkswagen Polo GTI R5, foi também a mais rápida de todas as presentes e inscreve pela primeira vez os seus nomes nesta taça. O pódio à geral ficou completo com os também vice-líderes da classe 4WD, Jorge Santos e Alexandre Rodrigues (Škoda Fabia S2000), e coube a Ernesto Cunha e Rui Raimundo o terceiro lugar no seu Peugeot 208 Rally4, bem como a vitória em 2FW. A classe 2RW foi ganha pelo penafidelense Luís Moreira, navegado por Luís Santos no seu BMW 316 E30. A dupla Mário Teixeira/Coriolano Teixeira (Renault Clio 2.0 RS) recebeu a distinção de Melhor Penafidelense e Rita Faria e Ana Leão foram a Melhor Equipa Feminina num Fiat Uno 45 S.

Foto: Município de Penafiel

A primeira oficial alusiva a campeonatos nacionais de desporto motorizado ocorreu na noite de sexta-feira, 8 de julho, a contar para o Nacional de Super-Enduro, que tinha o atrativo extra de abrir o calendário do ano. No final, Diogo Vieira venceu a concorrência.

Quanto à outra prova oficial, Penafiel “transformou-se na verdadeira Capital do Drag Racing Nacional, num certame absolutamente louco que juntou uma enorme multidão na Variante do Cavalum e que acabou com a vitória de José Realista na mais disputada classe do campeonato, a 4×2 Pro”. Nas demais classes, Tiago Pereira (BMW M4) venceu em Street Gasolina Turbo, Joaquim Rocha (Honda CRX) nos Street Atmosféricos), Leandro Rodrigues (Seat Îbiza) em Street 4×2 Diesel, e David Nunes (BMW M140i) em Street 4×4.

Foto: Município de Penafiel

No Trial Urbano 4×4, em Proto, o ORA Dominator formada por Emanuel Costa e Hélder da Rocha superiorizou-se a “uma forte concorrência, que teve na dupla da Engaço OffRoad formada por Hélder da Rocha e Flávio Gomes os «medalhas de prata»” com um um, e no terceiro lugar, os “Sem Stress” Laurindo Mendonça e Joaquim Ribeiro, num Jimmy Crawler.

Nos Preparados, a Penatrilhos Team pôde celebrar a vitória da dupla António Pereira/Rui Silva, imperiais no seu Jeep Wrangler TT, secundados pelo Nissan Patrol Y60 de Filipe Ribeiro e Bernardino Santos, com o pódio a ser fechado por um outro Patrol, tripulado por Rui Almeida e Tiago Alves, da equipa Pneus Milénio.

No domingo de manhã, último do evento, o público pôde desfrutar de um desfile de “clássicos”. Quanto ao registo dos vencedores de cada uma das classes: Rui Ribeiro/Liliana Soares (Suzuki Swift Gti Mk2) venceram a Classe I; Pedro Madureira/Marta Carneiro (BMW 2002 tii) a G; Rui Jorge Santos/Rui Jesus (Renault 4L) a H; Ricardo Silva/Márcia Pereira (VW Carocha) a F; e Adalberto Santos/Iria Santos (VW Sedan) a E.

Foto: Município de Penafiel

O radiomodelismo foi uma das inovações introduzidas no festival e, além da sua componente inclusiva, reuniu 22 participantes nas categorias Preparados e Proto. Hélder Soares (Traxxas TRX4 Spor) venceu em Preparados e Tiago Pereira (Axial SCX10 2) foi o vencedor em Protos e à geral.

Cerca de uma dezena de jovens utentes da APADIMP (Associação de Pais e Amigos dos Diminuídos Mentais de Penafiel) puderam também experimentar radiomodelismo.

Para o final, estava reservado o «MotoGP à moda de Penafiel» no Circuito do Sameiro. Apesar de algum calor, a tarde foi convidativa para assistir ao vivo às Motos Clássicas 50cc e 85cc, nas quais se disputaram emocionantes provas nas categorias Clássicas, Livres e Extra 85cc!

Em Clássicas, a vitória de Nuno Pinto, e Luís Almeida, da FastGreen, em segundo, e o «Racing Foguete» Gonçalo Lopes na terceira posição, num «top-3» totalmente dominado por Sachs.

Foto: Município de Penafiel

Nas Livres, houve um duelo entre as Yamahas de João Marinho e Filipe Silva, que concluíram as duas mangas com a pontuação total de 47 pontos, resultantes de uma vitória e um segundo lugar para cada um. O que desempatou foi a vitória de João Marinho na segunda corrida. No terceiro lugar ficou Carlos Tavares que, na sua Honda RS 50cc, somou 38 pontos no total das duas mangas, em que acabou em terceiro na primeira e quarto na segunda.

Por fim, na classe Extra 85cc Filipe Silva alcançou a vitória na segunda manga depois de um segundo posto na corrida inaugural com a sua Moriwaki MD85GP. Telmo Fernandes e Zé Carlos completaram o «top-3» na corrida que deu por terminado o Penafiel Racing Fest deste ano.

Para Antonino de Sousa, presidente da Câmara Municipal de Penafiel, “as imagens do fim de semana são bem expressivas e reveladoras do enorme fluxo de gente que veio de todo o lado para assistir a esta verdadeira festa do desporto motorizado”. “O que se pretende com este evento é diversidade de modalidades, espetáculo, alegria e entretenimento, num festival único na Europa, que contribui para um ambiente tão bonito e festivo”, remata.