O “Ponto C – Cultura e Criatividade”, em Penafiel, vai ser inaugurado no verão de 2023.

A informação foi avançada pela autarquia, em comunicado, que refere que as obras estão “na fase final de construção”.

Este espaço de mais de 15 mil metros quadrados foi projetado “para dar resposta a uma necessidade de Penafiel, mas também de toda a região do Tâmega e Sousa (que não dispõem de uma sala de espetáculos do género), que é a criação de um espaço cultural de referencia para concertos, espetáculos de teatro, musica, entre outros”.

Foto: Município de Penafiel

O Ponto C promete “ser referência no panorama nacional da cultura e das artes” e vai ser constituído por um anfiteatro, sala principal do edifício, com capacidade para 400 pessoas e uma área coberta de 2.500 metros quadrados. Ainda no edifício vai nascer uma outra sala, polivalente, para eventos e iniciativas de menor dimensão, apoio logístico, apoio de cafetaria e outras zonas que pretendem ser um ponto de partilha para experiências artísticas.

O equipamento foi projetado “para ser um edifício com alta eficiência energética, com elevados padrões de conforto e apresenta um estilo de arquitetura contemporânea com respeito e total integração na paisagem”.

Foto: Município de Penafiel

Na zona envolvente ao ‘Ponto C’ vai surgir outra área com 12.500 metros quadrados de espaço público para lazer, destacando-se a nova ‘Praça de S. Martinho’, que será um ponto de encontro e palco para a realização de iniciativas, ao ar livre, nomeadamente, a tradicional Festa de S. Martinho, em novembro. O espaço vai acolher ainda um anfiteatro natural, capaz de acolher diversos eventos culturais, artísticos e recreativos, realizados ao ar livre.

O Ponto C vai ter dois acessos principais. Encontra-se em construção uma via que vai fazer a articulação entre a Variante do Cavalum e o Centro Histórico de Penafiel, com ligação à Praça da República, junto ao Palacete onde está instalada a Biblioteca Municipal de Penafiel. Esta nova via vai ter dezenas de novos lugares de estacionamento e vai ser ainda servida de um passeio pedonal e de uma ciclovia para promover a mobilidade suave e ligação entre o Centro Histórico de Penafiel e o Parque da Cidade.

Foto: Município de Penafiel

A nova Praça de S. Martinho também vai beneficiar de uma nova ligação pedonal através do Largo da Ajuda, onde está instalado o Museu Municipal de Penafiel, com a conversão do rés-do-chão de um edifício numa passagem pedonal de acesso à praça e ao equipamento cultural.

Para a concretização desta nova centralidade cultural do concelho e da região, a autarquia captou cerca de cinco milhões de euros de fundos comunitários e do Banco Europeu de Investimento.

Foto: Município de Penafiel

Para o presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, “a cidade de Penafiel vai ganhar um espaço cultural de excelência”. “Ambicionamos, sobretudo, oferecer aos penafidelenses mas também às populações vizinhas, um espaço cultural digno, mas também proporcionar mais qualidade urbana, nomeadamente na criação de zonas alternativas de acesso ao nosso Centro Histórico, espaços de lazer, de parqueamento, entre outros. Acreditamos que este será um ponto de encontro, de partilha da nossa cultura e um palco para as tradições. Estamos desejosos de que todos possam usufruir deste grande equipamento, que, sem dúvida, vai valorizar muito Penafiel e fazer crescer a cidade para a lindíssima Encosta do Cavalum”, concluiu.

Foto: Município de Penafiel