A cidade de Penafiel terá em funcionamento quatro novos trilhos de caminhada que, no total, percorrem 45 quilómetros do concelho.

Os percursos passam por vários pontos de interesse turístico, como é o caso da Fluvina de Entre-os-Rios, a Aldeia Preservada de Quintandona, a herança molinológica de Novelhos, Capela e Cabroelo, os parques fluviais de Luzim e de Boelhe, a Mata da Cachada, no Caminho de Travassos, ou o Centro Interpretativo da Escultura do Românico, em Abragão.

Das margens do Rio Douro ao topo da Serra da Boneca e com uma distância aproximada de nove quilómetros, o trilho “A Boneca, o baloiço e o Douro” fica localizado na freguesia de Sebolido.

O percurso pedestre “Via panorâmica do Tâmega”, com aproximadamente 16 quilómetros, tem como ponto de partida o casario histórico de Entre-os-Rios, onde se destacam os parques fluviais de Luzim e de Boelhe, os parques de lazer de Ribeira e Barco do Souto,  o parque de merendas do Núcleo molinológico de Novelhos, a Capela de S. Miguel de Passinhos, a Estação Arqueológica da Bouça do Ouro, terminando na Vila de Abragão onde é possível visitar o Centro Interpretativo da Escultura do Românico e a gastronomia local.

Inspirado pela singularidade da Aldeia Preservada de Quintandona, o trilho “Quintandona: terra de mil cores, festas e sabores” fica localizado na freguesia de Lagares e Figueira, com uma distância aproximada de 10 quilómetros.

A freguesia da Capela acolhe o quarto trilho, “Moinhos de Capela a moinhos de Cabroelo”, como uma distância aproximada de nove quilómetros.

O desenvolvimento do projeto foi iniciado em Junho de 2021, pelo Pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Penafiel e encontra-se em fase final de homologação dos percursos junto da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. Prevê-se que os trilhos estejam concluídos até ao período do Verão deste ano.