Teve lugar na noite desta sexta-feira, dia 16 de dezembro, a inauguração do renovado Estádio Municipal das Laranjeiras, no concelho de Paredes. O evento contou com a presença de várias entidades, incluindo membros da Associação de Futebol do Porto e também da Federação Portuguesa de Futebol.

José Neves, presidente da Associação de Futebol do Porto, afirmou que esta obra “significa que os atletas têm outras condições de trabalho e é um passo em frente. É uma obra magnífica”. E lançou o repto para o USC Paredes ter “futebol feminino. Queremos mais mulheres dirigentes, treinadoras, árbitras e mais mulheres a praticar a modalidade”.

Por sua vez, Hélder Postiga, dirigente da Federação Portuguesa de Futebol, sublinhou que são umas “infraestruturas fantásticas. É um passo muito importante da aproximação com a comunidade. Levem o nome de Paredes com esforço”.

O presidente do União Sport Clube de Paredes, Pedro Silva, constatou que este “é um momento de felicidade plena para os paredenses. O presidente tudo fez para que esta obra se concretizasse. Há uma dívida de gratidão. Valeu a pena a dedicação e esforço de todos. Todos juntos vamos lutar para alcançar o sucesso”.

O presidente de Junta de Freguesia de Paredes, Artur Silva, defendeu que este “é um espaço que a cidade de Paredes estava a precisar de ver requalificado”, deixando um agradecimento à autarquia “pelo esforço que fez. Espero que possa permitir muitas vitórias”.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, recordou que a requalificação do Estádio Municipal das Laranjeiras era “um anseio da população. As pessoas ficaram com um sentimento de perda quando perderam este espaço, no passado. Foi logo o nosso objetivo, a partir do primeiro momento quando assumimos, recuperar este património, depois de o fazer foi torná-lo, de novo, apto para a prática do desporto”.

O autarca garantiu que este espaço vai permitir “dar vida ao centro de Paredes e atrair, para aqui, competições e eventos que vão chamar a atenção”. Sobre a possibilidade do equipamento desportivo acolher a final da Taça da Associação de Futebol do Porto, o presidente referiu que tem “todas as condições” e que o “presidente já demonstrou o interesse. Volto a referir, isto é um estádio municipal, apesar de ser a casa do USC Paredes é um estádio que vai estar ao serviço de outras competições e eventos que queiramos fazer aqui”.

Por fim, o presidente recordou os investimentos futuros que serão realizados, nomeadamente na área do desporto e garantiu que “o ano de 2023 vai ser o ano de mais investimento no concelho”.

No início estiveram em campo todas as equipas de formação do USC Paredes. Após o final da cerimónia, teve lugar um concerto dos UHF.