Um total de 25 alunos e professores, oriundos da Turquia, Espanha e Grécia, estiveram em Paredes, através do projeto “Let’s walk together to handle obstacles”, do programa Erasmus+, tendo sido acolhidos pelo Agrupamento de Escolas de Vilela. Os visitantes foram recebidos, na passada quarta-feira, dia 2 de março, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Paredes, pelo vereador com o pelouro da Educação, Paulo Silva.

De acordo com a autarquia, a sessão começou com uma apresentação do projeto, coordenado por professores e alunos da Turquia. “O objetivo é sensibilizar os alunos e professores para a questão dos refugiados e permitir que tenham contacto com outros sistemas educacionais e sociais”, explicou Burak Gursoy, professor turco.

Segunda a mesma fonte, a iniciativa visa também estudar a integração dos refugiados nos diferentes países, fomentar a inclusão de estrangeiros em países de acolhimento, mostrar a importância da aprendizagem das línguas como forma de inclusão e desenvolver e fortalecer a cooperação entre os estados da União Europeia.

Paulo Silva, sublinhou que “este tipo de projetos é muito importante em todas as alturas, mas, sobretudo, nesta, em que é essencial caminharmos juntos para superar obstáculos, como sugere o título do projeto”.

Já o diretor do Agrupamento de Escolas de Vilela, Albino Pereira, referiu que “o projeto não podia estar mais atualizado, uma vez que o tema está totalmente focado em como receber refugiados. Queremos trabalhar com professores e alunos, de forma a promover a integração”.

A visita começou na segunda-feira, dia 28, e decorreu até esta sexta-feira, dia 4 de março.