O piloto de Mesão Frio, mas empresário em Paços de Ferreira, Celso Fonseca estreou, no passado fim de semana, o Nissan Sunny, na Rampa Porca de Murça, no Campeonato Portugal de Montanha JC Group 2022, alcançando o quarto lugar.

Celso Fonseca começou por fazer, na primeira subida de treinos, um tempo de 3.17.164 e, de seguida, na segunda subida, obteve um crono de 3.12.858. Chegado à primeira subida oficial de prova, que teve lugar no final da tarde de sábado, fez toda a extensão da Rampa de Murça em 3.03.298.

Na manhã de domingo, o piloto esteve presente na linha de partida para a warm up, onde fez um tempo de 3.06.763. No entanto, para a derradeira subida de treinos, um problema no motor levou-o a não fazer esta subida. Para a segunda subida oficial de prova, Celso Fonseca faria um crono de 3.06.705 e “a sua participação acabaria por ficar por aqui, pois os problemas no motor agudizaram-se e Celso optou por não fazer a última, para não provocar mais danos no mesmo”, refere um comunicado da equipa.

Foto: DR

“Foi a estreia possível do Nissan Sunny no Campeonato Portugal de Montanha JC Group, na categoria dos Legend´s. Gostei muito, mas a verdade é que surgiram alguns contratempos de foro técnico, que originaram uma competitividade inferior, apesar dos esforços evidenciados pela equipa de mecânicos das da Richard Sport liderada por Ricardo Ermida. Aproveito esta ocasião para agradecer a todos os meus parceiros e amigos pelo apoio e dedicação em especial à minha ‘cara-metade’, que me atura de forma incondicional, a Rita Matos, mas para a Rampa da Penha poderão vir novidades que, em breve, poderão ser anunciadas”, conclui Celso Fonseca.

Na classificação final, Sónia Pereira (Seat Ibiza Cupra) ficou em primeiro lugar, Abílio Aparício (Peugeot 205) em segundo e Alexandra Rino (Volkswagen Golf) em terceiro.