Idalino Leão, de Paços de Ferreira, foi eleito presidente da Agros – União de Cooperativas de Produtores de Leite para o quadriénio 2022 – 2025, na Assembleia Eleitoral realizada na segunda-feira, dia 21 de março, no Espaço Agros.

Numa votação que contou com a presença de todos os delegados das Cooperativas Associadas, a lista liderada por Idalino Leão recolheu 71% dos votos, enquanto a lista liderada por António Balazeiro obteve 26%. Foram ainda apurados 3% de votos em branco, informa um comunicado da Agros.

A nova administração referiu querer “continuar a acreditar” numa “nova esperança para a produção” e, para tal, contará com Henrique Trindade, representante da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, eleito como presidente da Assembleia Geral, e Fernando Gil Ramos, da Cooperativa de Vila do Conde, como presidente do Conselho Fiscal.

“É um misto de orgulho e tremenda responsabilidade assumir os destinos da Agros, num contexto muito difícil para o setor”, disse Idalino Leão, acrescentando que “é tempo de união e de recentrar a Agros como uma das grandes embaixadoras da Agricultura Nacional”. O recém-eleito apelou ainda à união entre produtores e cooperativas associadas e concretizou estas palavras, convidando o seu opositor a pertencer ao Conselho Consultivo do Leite, a ser criado futuramente.