Opinião

Domingo de Páscoa, a data móvel

A Verdade

04-04-2021

Artigo de opinião de Paulo Almeida, professor de Física no Agrupamento de Escolas de Alpendorada.

Domingo de Páscoa, uma data que quase ultrapassa religiões, inserindo-se no calendário festivo dos portugueses como uma das datas mais importantes na cultura cristã, que claramente é a influencia cultural mais presente no nosso país e na nossa região. Funcionando até, como um ponto de referência na paragem letiva e consequente mudança de período das nossas escolas.

Contudo, nem a importância desta data, faz com que ela tenha um lugar cativo no nosso calendário. Sendo de fácil constatação que a maioria dos dias festivos são comemorados sempre na mesma data: o dia de Ano Novo a 01 de janeiro, o dia da Liberdade a 25 de abril, o dia do trabalhador a 01 de maio, o dia de Portugal a 10 de junho, o dia da Assunção de Nossa Senhora a 15 de Agosto, o dia da implantação da república a 05 de outubro, o dia de todos os santos a 01 de novembro, o dia da restauração a 01 de dezembro, o dia da Imaculada Conceição a 08 de dezembro ou o dia de Natal a 25 de dezembro.

No entanto, com a Páscoa isto não se verifica, pois observa-se uma clara mobilidade da data, consoante o ano em que estamos. Podemos ainda observar o mesmo fenómeno, nas datas do Carnaval e do Corpo de Deus, pois também não são comemorados todos os anos na mesma data, pois dependem da data da Páscoa. Em 2021 a Páscoa é celebrada a 04 de abril, o Carnaval a 26 de fevereiro e o Corpo de Deus a 03 de junho. Mas então, como são marcadas as datas das Festas Móveis?

No ano de 325, durante o Concílio de Niceia as autoridades da igreja católica decidiram que a Páscoa seria celebrada sempre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verifica após o equinócio da primavera (21 de março). Em 2021 a primeira lua cheia após o equinócio de março ocorre a 28 de março, assim, a páscoa será no domingo seguinte (04 de abril). O Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa (sempre à terça-feira), em 2021 dia 16 de fevereiro e o Corpo de Deus festeja-se 60 dias após a páscoa (sempre à quinta-feira), em 2021 a 03 de junho.

Todavia, esta mobilidade não retira a importância desta data, muito pelo contrário! Faz com que todos os anos, nos adaptemos naturalmente a ela.

Paulo Almeida
Professor de Física no Agrupamento de Escolas de Alpendorada