operacao gnr alcool e drogas
Publicidade

De 17 a 23 de junho, a Guarda Nacional Republicana (GNR) vai realizar uma operação de fiscalização intensiva da condução sob efeito do álcool e drogas.

A operação é realizada no âmbito o planeamento anual efetuado pela Rede Europeia de Polícias de Trânsito (RoadPol), com “objetivo de promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e diminuir a sinistralidade rodoviária grave, em todo o território nacional continental”, afirma a GNR em comunicado.

De acordo com a guarda, no ano de 2023, foram registados pela GNR 55 312 acidentes de viação, tendo resultado em 279 vítimas mortais. Dos mais de 2 milhões de condutores fiscalizados este ano, 33 657 apresentaram uma taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

A Rede Europeia de Policias de Trânsito (RoadPol) é uma organização que foi estabelecida pelas polícias de trânsito da Europa, com a finalidade de melhorar a segurança rodoviária e a aplicação da lei nas estradas.