Entre os dias 7 e 13 de fevereiro, a GNR realizou a Operação “RoadPol – ECR Veículos Pesados”, registando um total de 2.809 contraordenações em todo o país.

Em concreto, destacam-se: 879 relacionadas com tacógrafos (equipamento que indica, regista e memoriza, automática ou semi-automaticamente, dados relativos à condução de veículos de transporte rodoviário e aos tempos de trabalho e de repouso dos condutores); 428 por excesso de peso; 129 excessos de velocidade; e 18 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei. No total, foram fiscalizados 3.606 condutores de veículos pesados.

Durante este período de tempo, a GNR informa em comunicado que intensificou a fiscalização aos veículos pesados, “com especial incidência no cumprimento das normas inerentes aos tempos de condução e repouso, orientando as ações de fiscalização para as vias mais críticas à sua responsabilidade e onde se verifica um maior volume de tráfego deste tipo de veículos, de modo a promover a segurança rodoviária e a diminuição do risco de ocorrência de acidentes de viação”.