As ruas de Lousada encheram-se de iluminação e música ambiente. A Avenida Senhor do Aflitos tem uma árvore de Natal e uma pista de gelo ecológica e, a partir do dia 1 de dezembro, também ficou disponível o Natal Associativo. A iniciativa pretende reunir as instituições e demonstrar o trabalho realizado ao longo do ano através da venda de produtos locais.

A vereadora da Câmara Municipal de Lousada, Maria do Céu Rocha, explica que o objetivo do Natal Associativo passa por permitir às instituições ter “um espaço onde pudessem trazer os seus produtos e darem-se a conhecer. O facto de estarem aqui representadas pode fazer com que as pessoas levantem algumas questões e possam querer conhecer melhor as instituições”.

O Jornal A VERDADE aproveitou para conhecer algumas das associações presentes na Avenida Senhor dos Aflitos, desta forma, a Associação de Pais da Escola de Boavista refere que “além de dinamizar o concelho e trazer as pessoas nesta época natalícia ao centro, é também uma forma de nos ajudar. Nós trabalhamos durante todo o ano para angariarmos alguns fundos e isto é mais uma forma de arranjar algum dinheiro, estamos aqui com muito gosto”.

Foto: Jornal A VERDADE

De igual modo, a Santa Casa da Misericórdia de Baião aproveita para “mostrar à comunidade aquilo que fazemos, o trabalho que temos aqui é resultado do trabalho dos utentes, das nossas valências, temos apoio domiciliário, centro de apoio ao cuidador informal e da nossa creche. Depois permite-nos com a venda dos produtos fazer atividades mais inovadoras”, diz Sílvia, assistente social na SCM de Lousada.

A Apalou é a Associação de Patinagem Artística de Lousada, durante o Natal Associativo a instituição pretende dar-se a conhecer ao público para “quem quiser praticar desporto, bem como, pelo convívio em si, e depois também é bom porque arranjamos um dinheirinho extra para as associações”, quem o diz é Maria José.

Já o Lousada Académico Clube de Basquetebol explica que o objetivo é “dinamizar os nossos jovens e afastá-los de caminhos menos saudáveis, temos de puxar os mais novos para hábitos saudáveis de vida”, afirma Ana Paula Rodrigues.

Foto: Jornal A VERDADE

O Natal Associativo vai estar disponível até ao dia 7 de dezembro, de segunda a sexta-feira, o horário de funcionamento é entre as 18h00 e as 22h00, ao sábado, das 10h00 às 23h00, e no domingo entre as 10h00 e as 20h00.

Assim, no Natal Associativo poderá provar chocolate quente, bifanas, sopa da pedra, doces típicos de Natal, ginjinha, bolos, bolachinhas, guloseimas e muito mais.

Entre os dias 8 e 24 de dezembro, o concelho de Lousada irá acolher o Mercado de Natal. A vereadora Maria do Céu Rocha afirma que a intenção é “dar a conhecer os produtos locais e o artesanato, bem como, os doces típicos da época”. Para além disso, nos dias 18 e 24 chega a vez dos agricultores que vão partilhar com a população produtos como hortícolas, ovos, entre outros.

Foto: Jornal A VERDADE

Os mais novos vão “conhecer o Pai Natal” no dia 18 de dezembro, num momento de distribuição de brindes e guloseimas que “faz a felicidade da criançada”, acrescenta a vereadora entre risos.

A iluminação vai se manter até ao dia 8 de janeiro, data em que irá decorrer o Bebé Natal, ou seja, “uma altura em que felicitamos as famílias que tiveram em 2022 um novo filhote e, portanto, damos um miminho à população com um voucher, num determinado valor, com o qual podem adquirir produtos nas farmácias locais”, explica Maria do Céu Rocha.

Na edição deste ano, o município e a Associação Empresarial de Lousada organizaram uma pista de gelo ecológica e estão a dar, em conjunto, apoio às barraquinhas do Vila Natal Lousada. A vereadora esclarece, ainda, que “na compra de produtos, irão receber um bilhetinho para acederem à pista de gelo”.

Foto: Jornal A VERDADE

Por fim, a vereadora da Câmara Municipal de Lousada, Maria do Céu Rocha, deixa uma mensagem de Natal à população: “Convido a virem a Lousada, é uma forma de dinamizar o comércio local e, por isso, eu costumo dizer: neste Natal comprem no comércio local, ao comprarem cá estão a investir no nosso concelho e terão certamente momentos de lazer. Aproveito para desejar a todos umas boas festas”.

Associação Empresarial de Lousada organizou as atividades natalícias em parceria com o município

O Jornal A VERDADE esteve, ainda, à conversa com a Associação Empresarial de Lousada (AEL), que foi criada no início deste ano. O presidente do Conselho Fiscal da AEL, Filipe Ribeiro, explica que “este é o primeiro evento, é muito importante para dar a conhecer a associação e fazer mostrar ao povo de Lousada que existe aqui uma associação para dar apoio, melhorar o comércio e a indústria”.

Foto: Jornal A VERDADE

Atualmente, a associação refere que “ainda somos pequeninos na relação com o tecido empresarial, mas vamos tentar abranger todas as empresas de Lousada”.

A Associação Empresarial de Lousada tem disponível para a população “pequenas coisas como café, chocolate quente, umas pulseirinhas… de forma a angariar sócios, demonstrar tudo aquilo que podem ser privilegiados ao trabalharem connosco”.  

Filipe Ribeiro partilha que “as pessoas interessam-se muito, está a ter adesão, temos um mercado das associações do concelho nunca antes feito e que está a ser um grande sucesso”.

Foto: Jornal A VERDADE