O município de Marco de Canaveses aprovou na quinta-feira, 22 de dezembro, em reunião camarária, a atribuição de apoios financeiros a associações e juntas de freguesia do concelho, num valor total superior a 300 mil euros.

Com o objetivo de “incentivar a promoção do desporto”, o município apoiará as associações desportivas, definindo um valor anual por época desportiva a atribuir a cada atleta federado não profissional e para cada modalidade, referiu o vereador Pedro Pinto.

Foram assinados protocolos de desenvolvimento desportivo com 12 associações marcoenses, num valor total de 300.469,90€: Associação Desportiva de Constance (15.163,00€), Associação Recreativa e Cultural São Lourenço do Douro (45.687,50), Casa do Povo de Vila Boa do Bispo (19.500,00€), Futebol Clube de Aliviada (15.860,80€), FC Alpendorada (124.139,50€), FC Paços de Gaiolo (6.200,00€), Futebol Clube Vila Boa de Quires (6.556,00€), Futebol Clube Vila Boa do Bispo (17.307,00€), Grupo Desportivo Da Livração (13.846,50€), GDMagrelos (9.209,60€), Hóquei Clube do Marco (22.800,00€), Liga Marcoense de Futebol Amador (4.200,00€).

No âmbito do programa de apoio a atletas individuais foram assinados protocolos com três atletas marcuenses, num valor total de 4.250 euros: Gaspar Pinto (1.750,00€), Hugo Gonçalves (2.000,00€), José Sousa (500,00€).

Foi ainda assinado um protocolo com a Associação de Canoagem do Norte de Portugal, aprovado na reunião de câmara de 9 de dezembro, no valor 2.500,00 euros, para a organização da Maratona Internacional Eurorregião Norte de Portugal / Galiza em canoagem.