A Câmara Municipal de Paredes aprovou, no dia 17 de novembro, em reunião camarária, a atribuição de um cheque-prenda ao recém-nascido.

O presidente do município, Alexandre Almeida, revela que esta medida “será um incentivo à natalidade no concelho de Paredes”, ao mesmo tempo, que vai permitir “aos pais a compra de bens para os seus filhos”.

A iniciativa vai entrar em vigor em 2023 e o cheque corresponderá a um valor de 50 euros a descontar em compras no comércio local.

Foto: Câmara Municipal de Paredes
Foto: Câmara Municipal de Paredes