A Câmara Municipal de Baião aprovou três propostas que irão “potenciar” a implementação de políticas e boas práticas no âmbito do desenvolvimento sustentável. As propostas foram aprovadas por unanimidade na reunião de câmara do dia 11 de janeiro.

De acordo com o município, o poder local possui “cada vez mais responsabilidades na preparação dos seus territórios para que se tornem mais resilientes às alterações climáticas e aos desafios socioeconómicos”, pode ler-se no comunicado.

Nesse sentido, a adesão ao “Pacto de Autarcas para o Clima e Energia”, a participação no “Programa ECOXXI da Associação Bandeira Azul Da Europa (ABAE)”; e a adesão ao “Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC – Global Sustainable Tourism Council)”, reforça a posição de Baião junto destes organismos nacionais e internacionais.

O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, explicou que “estas propostas de adesão enquadram-se na nossa estratégia de posicionamento enquanto destino turístico sustentável”.

O autarca sublinhou ainda que “cada uma destas entidades concorre, à sua maneira, também para este efeito, ou seja, valorizando aqueles que são os objetivos para o desenvolvimento sustentável das Nações Unidas e que definem as prioridades e aspirações do desenvolvimento sustentável global, mobilizando esforços à volta de um conjunto de objetivos e metas comuns”, concluiu Paulo Pereira.