A Câmara Municipal de Amarante está a promover sessões de sensibilização sobre bullying nas escolas. As iniciativas, com vista a contribuir para a redução de atividades discriminatórias entre crianças e jovens, capacitando as escolas com mecanismos de prevenção e sensibilização adequados, decorrem até ao final do ano letivo.

De acordo com a autarquia, a “necessidade de alterar práticas e procedimentos que permitam tornar cada contextos educativo num espaço mais inclusivo e seguro” foi levantada pelas escolas e entidades de formação que integram o Eixo I – Educação, nomeadamente: o Agrupamento de Escolas Teixeira de Pascoaes, a Escola Secundária de Amarante, o Colégio de São Gonçalo, o Externato de Vila Meã, Cenfim e a Cercimarante.

Em articulação com as instituições no âmbito da Rede Social – Psicosorrir, CPCJ, Cercimarante, Agir CLDS 4G e a equipa do Município – foi desenhado um programa de sessões dirigido aos alunos do 1.º ciclo até ao ensino secundário, mas também Encarregados de Educação e pessoal não docente. 

“Recorde-se que o bullying é um fenómeno social que atinge, em particular, crianças e jovens em contexto escolar. Revela-se como um dos mais marcantes conflitos do nosso quotidiano e, quando mal resolvido na mente dos jovens, pode deixar marcas permanentes”, foi ainda referido pelo município.