Uma mulher de 47 anos foi detida em Amarante, no dia 2 de junho, por violência doméstica, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel.

Em comunicado, a GNR explica que “no âmbito de um processo por violência doméstica, os militares apuraram que a agressora esteve casada, durante 30 anos, com a vítima, o seu ex-marido de 52 anos”.

“Após o divórcio, a vítima iniciou uma nova relação e a agressora, inconformada com o sucedido, começou a perseguir e a agredir a vítima, bem como a sua atual companheira. Com a escalada de violência e perante a gravidade dos factos, a suspeita foi detida”, acrescentam.

A detida foi presente a primeiro interrogatório, no dia 2 de junho, no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, “onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de se aproximar da habitação do ex-marido e proibição de o contactar, por qualquer forma ou meio”, conclui.