O movimento “Amarante diz não à exploração de lítio Seixoso/Vieiros” vai organizar este sábado, dia 26 de fevereiro, uma sessão de esclarecimento pública acerca da prospeção, pesquisa e exploração de lítio.

O evento vai decorrer a partir das 15h00, na Alameda Teixeira de Pascoaes, em Amarante, e vai contar com a participação de um representante da associação ambiental Zero e do movimento de cidadãos que se opôs à prospeção, pesquisa e extração de lítio na Serra de Arga, informa um comunicado da organização.

Este movimento de cidadania é formado por um grupo de cidadãos e representantes de instituições e entidades da sociedade civil de Amarante “para alertar para as consequências nefastas na qualidade de vida associadas à prospeção, pesquisa e extração daquele minério e para dar voz ao desagrado da população sobre este processo”. Afirma-se como “apolítico e transversal” e visa “definir estratégias possíveis, legais e pacíficas para demonstrar a total discordância dos amarantinos pela inclusão de freguesias de Amarante no Programa de Prospeção e Pesquisa de Lítio recentemente aprovado pelo Governo”.