Mobilidade

Peugeot 2008 foi o automóvel mais vendido em Portugal no primeiro trimestre do ano

Ana Regina Ramos

22-04-2021

O novo 208 foi o segundo modelo mais vendido no país.

Foto: Peugeot

O Peugeot 2008 e o 208 foram os automóveis mais vendidos em Portugal no primeiro trimestre de 2021.

Com um total de 1.545 unidades vendidas, o Peugeot 2008 foi o líder absoluto de vendas em Portugal, indica um comunicado da marca. O modelo do segmento B "tem vindo a revelar um desempenho marcante no nosso mercado e, além do primeiro lugar no ranking de vendas do trimestre, acumulou ainda a liderança no mês de março".

Os dados agora disponíveis relativamente a estes primeiros meses de 2021 revelam ainda que o Peugeot 2008 alcançou uma quota de mercado no segmento B de 12,0% e de 28,8% entre os B-SUV.

A versão 100% elétrica deste modelo, o e-2008, foi também o EV mais comercializado no primeiro trimestre entre os modelos do segmento B, ao totalizar 149 vendas, o que lhe confere 30,8% de quota nesta faixa de mercado.

Já o novo 208 foi o segundo modelo mais vendido no país, ao totalizar 1.451 unidades. O "bom acolhimento da gama Peugeot junto dos clientes nacionais permitiu ainda ao novo 3008 ocupar uma posição na lista dos 10 modelos mais vendidos".

Este modelo é "líder entre as berlinas do segmento B com uma quota de 19,7%" e a sua variante elétrica, o e-208, é também o líder das berlinas 100% elétricas neste segmento, com 99 unidades comercializadas e 37,2% de penetração.

Foto: Peugeot

A marca destaca ainda o 3008 que, no primeiro trimestre, vendeu 614 unidades, colocando-se no 10º. lugar no ranking dos mais vendidos em Portugal. Juntamente com o 2008 e o 5008, o 3008 – líder dos SUV do segmento C - "contribuiu, de forma vincada, para a liderança nacional da Peugeot em termos de mercado SUV", onde a marca totalizou 2.363 unidades vendidas, com uma quota de mercado de 19,5%.

Por último, o Peugeot Partner, produzido no Centro de Produção Stellantis de Mangualde, mantém a liderança entre os comerciais ligeiros, ao totalizar 1.011 unidades no trimestre, o que representa uma quota de 14,3% entre todos os furgões vendidos no país.